Sisu 2020: Universidades públicas vão ofertar mais de 5 mil vagas nos cursos de graduação

Crédito da foto: Ana Carolina Moreno/G1Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio serão divulgados nesta sexta-feira
Juntas, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) vão ofertar 5.140 vagas no Processo Seletivo de Vagas Iniciais (PSVI), nos cursos de graduação, modalidade presencial, para o ano letivo 2020. O acesso será por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU), que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Na UERN serão ofertadas 2.430 vagas. Destas, 1.348 são para o Campus Central, sediado em Mossoró. A divulgação das vagas na universidade estadual ocorreu no final do ano passado. Já na Ufersa o número chega a 2.710 para os Câmpus de Mossoró, Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros, segundo publicado no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 15.
A inscrição do candidato será realizada exclusivamente por meio do acesso à Plataforma do SiSU (http://sisu.mec.gov.br), no período de 21 de janeiro de 2020, até as 23h59 do dia 24 de janeiro de 2020.
UERN
Entre as novidades deste processo seletivo na UERN, estão as ações afirmativas com a adoção da cota étnico-racial, implantada pela Lei Estadual nº 10.480, de 30 de janeiro de 2019. Essa mesma Lei estabelece o Argumento de Inclusão Regional, que consiste em um percentual a ser acrescido na pontuação geral obtida pelo candidato no PSVI.
A Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PROEG/UERN) esclarece que os pesos e as notas mínimas (ponto de corte) em cada uma das provas do ENEM/SiSU, exigidos pelos cursos da UERN, estão definidos no Termo de Adesão ao SiSU e no Anexo II do Edital.
Conforme previsão de cronograma divulgado pelo SiSU, a convocação dos candidatos aprovados na chamada regular do PSVI 2020 UERN/SiSU ocorrerá no dia 28 de janeiro de 2020.
Em cumprimento à Lei Estadual nº 10.480, de 30 de janeiro de 2019, 5% das vagas iniciais da UERN serão destinadas a candidatos com deficiência, comprovada por atestado médico fornecido por profissional cadastrado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
Se convocado para ocupar a vaga, o candidato que se declarou Pessoa com Deficiência deverá submeter-se a uma perícia realizada por Junta Multiprofissional constituída por profissionais nomeados pela UERN. A perícia será realizada na cidade de Mossoró/RN, em local, data e horário a serem especificados em edital próprio.
A Cota Social, que reserva 50% das vagas, é destinada a candidatos que tenham cursado integralmente os ensinos Fundamental e Médio em escolas públicas, bem como para candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas.
Do percentual destinado à Cota Social, 58% deste deverá ser preenchidas por candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas, percentual este que corresponde à população de pretos, pardos e indígenas norte-rio-grandense, segundo o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Além do preenchimento do Formulário de Autodeclaração (disponível no ANEXO IV do Edital), os candidatos pretos, pardos e indígenas poderão passar, a critério da UERN, por procedimento de heteroidentificação, que será realizado por comissão designada pela UERN, cujos procedimentos e requisitos serão regulamentados por edital próprio.
UFERSA
De acordo com o DOU, durante a chamada de matrícula será realizada a conferência da documentação necessária para matrícula, incluindo a comprovação da categoria de vaga escolhida no SiSU.
Para os cursos que oferecem vagas de ingresso para o primeiro (2020.1) e segundo (2020.2) períodos letivos da UFERSA, os candidatos com melhor classificação ocuparão as vagas do primeiro período, e os seguintes, as do segundo período. Não é permitida, em qualquer hipótese, a escolha do período letivo de ingresso pelo candidato, que será obrigatoriamente determinado em função da ordem classificatória.
Ainda segundo a publicação, as vagas não ocupadas por candidatos convocados para o primeiro período letivo serão preenchidas pelos candidatos melhor classificados no segundo período letivo que tenham comparecido a entrega de documentação presencial, e essas vagas abertas no segundo período letivo serão destinadas à convocação de suplentes ou a edital de vagas remanescentes, se necessário.
O período, os locais e os horários do comparecimento dos candidatos à UFERSA para confirmar interesse na vaga serão divulgados no sítio da UFERSA, no endereço sisu.ufersa.edu.br juntamente com a lista nominal de candidatos convocados.
As regras gerais para este processo seletivo estão previstas no texto integral do Edital 001/2020 e nos seus anexos, constante no sítio eletrônico sisu.ufersa.edu.br
Resultado do Enem será divulgado amanhã
Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão divulgados nesta sexta-feira, 17. As notas individuais poderão ser acessadas pela Página do Participante — no portal ou no aplicativo do Enem — após login com CPF e senha. Para os “treineiros”, aqueles que não irão concluir o ensino médio em 2019, o boletim individual será publicado em março de 2020.
O estudante que participou do Enem no ano passado e quer estudar em uma universidade federal pode realizar a inscrição no Sisu no primeiro semestre deste ano. Para concorrer a uma vaga pelo programa, é preciso ter obtido uma nota acima de zero na redação.
Ao efetuar a inscrição, o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes. Ao final, o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.
A nota pode ser usada para entrar de forma direta em uma instituição de ensino superior particular. Para isso, o estudante não precisa realizar provas nem pagar taxas, apenas se inscrever no site ou diretamente na instituição de interesse e aguardar o resultado da seleção. O pré-requisito é que o estudante tenha feito alguma edição do Enem desde 2010 sem zerar nenhuma das provas.
Após a divulgação das notas, os participantes vão poder pleitear vagas nas instituições de educação superior.
Sisu, Prouni e Fies já estão com os calendários definidos para 2020
Os editais com as datas dos três principais programas do Ministério da Educação (MEC) para ingresso nas universidades brasileiras em 2020 já foram definidos.
Os estudantes interessados em concorrer a uma das vagas oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (Prouni) ou Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), devem ficar atentos aos cronogramas.
Para concorrer a uma das vagas oferecidas pelos programas, o candidato deve utilizar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que terá resultado divulgado nesta sexta.
Sisu
O estudante que participou do Enem de 2019 e quer tentar uma vaga em instituições de ensino superior públicas pode realizar a inscrição no Sisu no primeiro semestre de 2020. Para concorrer a uma vaga pelo programa, é preciso ter obtido nota acima de zero na redação do Enem.
Inscrições: de 21 de janeiro até 24 de janeiro;
Divulgação dos resultados: 28 de janeiro;
Matrícula: até 4 de fevereiro;
Lançamento da ocupação nas vagas pelas instituições participantes: até 7 de fevereiro;
Lista de espera: até 4 de fevereiro.
Prouni
O estudante que deseja ingressar em instituições privadas de ensino superior pode concorrer a bolsas integrais (100%) e parciais (50%) por meio do Prouni. Para participar, o estudante deve ter obtido média de, pelo menos, 450 pontos e não ter zerado a redação no Enem.
Inscrições: 28 de janeiro a 31 de janeiro;
Primeira chamada: 4 de fevereiro;
Comprovação das informações (1ª chamada): 4 a 11 de fevereiro;
Registro no SisProuni (1ª chamada): 4 a 14 de fevereiro;
Segunda chamada: 18 de fevereiro;
Comprovação das informações (2ª chamada): 18 a 28 de fevereiro;
Registro no SisProuni (2ª chamada): 18 de fevereiro a 3 de março.
Fies
O estudante também pode concorrer a uma vaga no ensino superior pelo Fies. O programa está dividido em duas modalidades: juros zero a quem mais precisa (renda familiar de até três salários mínimos por pessoa); e escala de financiamento que varia conforme a renda familiar do candidato.
Inscrições: 5 de fevereiro até 12 de fevereiro;
Divulgação dos resultados: 26 de fevereiro;
Seleção pelos candidatos pré-selecionados: 27 de fevereiro até 2 de março;
Pré-seleção em lista de espera: 28 de fevereiro até 31 de março.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.