Após recusa de proposta pelos policiais civis, Governo chama sindicato para nova reunião

Crédito da foto: DivulgaçãoCategoria marcou para a manhã desta segunda uma assembleia com indicativo de greve
A assessoria de comunicação do Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN) informou na manhã desta segunda-feira, 4, a reportagem do DE FATO.COM que o Governo do Estado chamou a diretoria do sindicato para uma nova reunião após a categoria recusar a proposta apresentada pelo Executivo na última quinta-feira, 31, e anunciar para hoje uma assembléia com indicativo de greve. O encontro está marcado para as 09 horas.
“Infelizmente, esgotamos o prazo firmado em um termo de compromisso assinado pelo Governo que estabelecia este dia 31 de outubro como limite para conclusão dos trabalhos, objetivando envio de um projeto para Assembleia Legislativa. Porém, a proposta apresentada hoje não foi criada levando em conta os pleitos apresentados pelo SINPOL-RN. A categoria entendeu como desrespeito e decidiu rejeitar por unanimidade”, comenta Nilton Arruda.
De acordo com o presidente do sindicato, os policiais civis deliberaram por exigir, a partir de agora, a presença da governadora Fátima Bezerra. “O prazo acabou e, agora, é uma questão de vontade política. Os secretários já deixaram claro que não podem avançar mais. Então, ou a governadora assume a responsabilidade do cargo que ocupa e passa a negociar pessoalmente conosco ou infelizmente a mobilização terá continuidade”, completa.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.