Rogério Marinho deverá ser o articular da reforma tributária, aponta ÉPOCA

Crédito da foto: ReproduçãoRogério Marinho é o secretário especial da Previdência e do Trabalho
BLOG DO CÉSAR SANTOS
Em alta no Palácio Central e no Congresso Nacional, o ex-deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), atual secretário especial da Previdência e do Trabalho do Ministério da Economia, é apontado como o provável articular da reforma tributária na Câmara dos Deputados.
O seu nome é cravado por dez em cada dez jornalistas que acompanham os bastidores da política em Brasília.
Rogério Marinho foi o relator da reforma trabalhista, aprovada em 2017, e o articulador da reforma da Previdência aprovada na Câmara na primeira semana deste mês.
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em evento promovido pelo Grupo Líderes Empresariais (Lide), acenou para a escolha de Marinho como articular da reforma tributária.
O Planalto também já havia emitido sinais de que escalaria Marinho para essa nova missão. Por gravidade, fez cair o prestígio de Marcos Cintra, secretário da Receita Federal. Inclusive, Cintra estaria com os dias contados na pasta.
Rodrigo Maia acredita que é possível aprovar um projeto de reforma tributária, ou no Senado ou na Câmara, até o final do ano.
“Até o fim do ano pelo menos [será aprovado] em uma das duas casas”, previu.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.