Comentarista esportivo Juarez Soares morre aos 78 anos

Crédito da foto: Reprodução/R7Juarez Soares tinha 78 anos e sofreu parada cardíaca
O jornalista e comentarista esportivo Juarez Soares morreu nesta terça-feira, 23. Ele tinha 78 anos e sofreu parada cardíaca e chegou a ser socorrido, mas não sobreviveu. Soares tinha câncer e estava se submetendo a sessões de quimioterapia.
Conhecido pelo apelido de China, ele teve carreira de mais de 60 anos na imprensa esportiva, ao começar em emissoras de rádio do interior de São Paulo e passar anos mais tarde a trabalhar em emissoras como TV Globo, Bandeirantes, SBT e por último, na RedeTV!.
O último trabalho do jornalista foi na rádio Capital, na equipe do jornalista Anderson Cheni, mas estava afastado para tratar o câncer.
Na TV, Juarez Soares apareceu pela última vez na RedeTV!, de onde foi demitido em abril deste ano. Além da filha, o comentarista esportivo deixa uma neta, Aline, e a mulher, Helena de Grammont, jornalista da Globo, com quem ficou casado durante mais de 40 anos.
Trajetória
Juarez Soares Moreira nasceu em São José dos Campos (SP), em 16 de julho de 1941. Formou-se em pedagogia na faculdade Oswaldo Cruz, mas logo cedo começou no jornalismo.
Aos 17 anos, em 1958, trabalhou nas transmissões de futebol da rádio Cultura de Lorena, interior de São Paulo. Transferiu-se para a capital em 1961, onde foi aprovado em testes nas Emissoras Associadas, passando a trabalhar como repórter esportivo.
Juarez também trabalhou nas rádios Tupi e Gazeta até que, em 1969, foi contratado pela rádio Globo a convite do então diretor esportivo, Pedro Luís Paoliello.
Com informações do UOL Esporte

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.