Styvenson assina pedido de impeachment de Toffoli e Moraes


O senador Styvenson Valentim (Pode-RN) está entre os cinco primeiros parlamentares que assinaram uma lista de apoio que pede o impeachment do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e do ministro Alexandre de Moraes.

A lista é uma reação às ações autorizadas na última terça-feira, 16, pelo ministro Alexandre de Moraes, no inquérito que apura denúncias de ofensas e ameaças a membros da Corte. Os senadores alegam crime de responsabilidade e abuso de autoridade dos magistrados.

Segundo os parlamentares, os ministros incorreram em abuso de poder ao instaurarem um inquérito e executarem medidas judiciais por conta própria, sem a participação do Ministério Público.

O pedido também será subscrito por outros senadores. Já estão confirmados os apoios de Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Lasier Martins (Pode-RS), Jorge Kajuru (PSB-GO) e Reguffe (sem partido-DF).

No fim do mês de março, Toffoli instaurou um inquérito para investigar injúrias e ameaças virtuais contra ministros do Supremo. Relator do inquérito, Moraes expediu mandados de busca e apreensão contra sete pessoas e determinou o bloqueio das suas redes sociais. Ele também ordenou que uma revista retirasse do ar uma reportagem que citava Toffoli, mencionado em um depoimento no âmbito da Operação Lava-Jato.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.