Sem acordo, governo transfere para próxima segunda anuncio do pagamento de abril

Crédito da foto: Elisa Elsie/AssecomAudiência de hoje do governo com o Fórum Estadual de Servidores
O Governo do Estado transferiu para segunda-feira (8) o anúncio do calendário de pagamento da folha salarial de abril. Seria nesta quarta-feira (3), mas não houve acordo entre o governo e o Fórum Estadual de Servidores.
O governo propôs, na audiência de hoje, pagar dia 15 o salário integral de quem recebe até R$ 4 mil e 30% do pagamento de quem ganha acima desse valor. Proposta rejeitada.
Os representantes dos servidores fizeram a contraproposta de ser pago o salário integral de quem recebe até R$ 5 mil. O governo respondeu de forma negativa.
Com isso, ficou acertada uma nova reunião para a próxima semana, pois até lá o Governo poderá dizer se terá condições de atender ao que foi proposto na mesa de negociações pelas entidades representativas dos servidores.
Segundo o secretário de Planejamento, Aldemir Feire, a folha de quem recebe até R$ 4 mil representam R$ 220 milhões, enquanto os salários de quem ganha até R$ 5 mil representam R$ 236 milhões.
“Vamos verificar se teremos condições de cobrir esses R$ 16 milhões da proposta dos servidores. Hoje não é possível dar essa resposta. Por isso, vamos ter outra reunião porque até lá vamos tentar achar saídas”, afirmou o secretário-chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves.
Fonte: De Fato 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.