Sessão itinerante mobiliza Ponta do Mel com discussão sobre utilização da mão de obra local por empresa do setor eólico


Sessão mobilizou moradores da vila-praia, que lotaram o auditório da Associação das Marisqueiras

A retomada do programa Câmara Itinerante na noite de quinta-feira, 21, em Ponta do Mel, foi em grande estilo. Foi uma das mais movimentadas e participativas sessões ordinárias realizadas pela Câmara Municipal de Areia Branca na zona rural, desde que foi instituída a descentralização dos trabalhos dos vereadores, em 1994.
Iniciativa do presidente do Legislativo municipal, Duarte Júnior (Podemos), a sessão em Ponta do Mel reuniu os 11 vereadores da atual legislatura que diante do auditório da Associação das Marisqueiras lotado, debateram por quase três horas temas relevantes voltados para a vila-praia.
Além do tema segurança pública, a pauta dominante na sessão foi a insatisfação dos moradores com a empresa Acciona Windpower que fabrica equipamentos para geração de energia eólica. O motivo da reclamação dos populares, é devido a empresa ser instalada em Ponta do Mel e utilizar a mão de obra de outras cidades, em detrimento dos profissionais locais.

Presidente Duarte Júnior abriu espaço para a participação dos moradores na sessão

A discussão em torno do assunto envolveu os vereadores e a comunidade. Sensibilizado com o prejuízo que esse posicionamento da empresa vem causando aos moradores da vila-praia e das localidades no entorno do empreendimento, o presidente da Câmara Duarte Júnior de imediato anunciou que vai enviar ofício ao dirigente da Acciona pedindo para marcar uma reunião para tratar do assunto.

Vereadores Antônio Carlos, Samuel Lemos, Alderí Batista e Renan de Lima Souza

Duarte Júnior disse que logo que receber resposta da empresa sobre a data da reunião, uma comissão de vereadores vai convidar a prefeita Iraneide Rebouças (PSD) para juntamente com uma representação da comunidade, participar da reunião para discutir a utilização da mão de obra local. “A Prefeitura de Areia Branca, com aval desta Casa, concede incentivos fiscais a empresas do setor eólico e solar que se instalam no município, com o compromisso de priorizar nos seus quadros pessoas do município, principalmente as que moram próximas aos empreendimentos, salvo os casos que requer mão de obra especializada. Daí, nosso espanto com esse posicionamento da Acciona, conforme relatos de moradores da comunidade”, destacou o presidente.
A proposta foi acatada por todos os vereadores presentes, que se solidarizaram com os pais de famílias, a maioria pessoas qualificadas pela própria Acciona na primeira fase de instalação da empresa no município, que desta vez preferiu “importar” trabalhadores, “muitos são de cidades distantes daqui como Carnaubais e Assu, quando nós que moramos a metros da empresa, fomos ignorados”, desabafou na sessão um desempregado que trabalhou na linha de produção da empresa.

Vereadores “Kinho de Beguinho”, Waguinho Tavernard, “Manezinho do Mel” e “Netinho Cunha”

Nordex/Acciona
A Acciona é uma das maiores fabricantes de componentes de aerogeradores do país. Em Areia Branca a fábrica que produz torres de concreto para aerogeradores foi instalada em 2014. Entre 2015 e 2017 o setor de fornecimento de turbinas e equipamentos para geração de energia eólica sofreu no país pela ausência de leilões e novos projetos, que fizeram com que fábricas fossem fechadas por causa da capacidade ociosa. Depois desse período de hibernação, a unidade local instalada em Ponta do Mel voltou a operar.
Um dos fatores que contribuiu para a manutenção da fábrica no município de Areia Branca, foi a fusão em 2016, das gigantes alemã Nordex e a espanhola Acciona Windpower, dobrando a capacidade de produção de torres de concreto para aerogeradores.
Em junho de 2018, a Nordex venceu um edital de Furnas, subsidiária da Eletrobras, para fornecer e instalar 41 turbinas para o Complexo Eólico de Fortim, no Ceará.
Com o projeto de Furnas, a companhia optou em manter a fábrica de Areia Branca em funcionamento novamente, por considerar que a região é mais estratégica para novos projetos.

Irmão Jonas fez uso da palavra durante o expediente sobre questões locais
Comerciante Severino abordou temas relacionados a comunidade


Gerente de Segurança Roberto Teixeira e o Major Carvalho prestigiaram a sessão

Fotos: Erivan Silva 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.