Helicópteros com membros de facção criminosa chegam a Mossoró

Crédito da foto: O CâmeraAs aeronaves pousaram na cidade na noite desta quarta-feira
Dois helicópteros com membros de uma facção criminosa pousaram na noite desta quarta-feira, 13, em Mossoró. Eles fizeram a transferência de presos para o presídio federal no município.
Um forte esquema de segurança foi montado para a transferência. Cerca de 800 militares do Exército brasileiro participaram da operação de segurança.
O grupo veio de penitenciárias de Presidente Venceslau e Presidente Bernardes, no interior de São Paulo. Eles foram distribuídos em presídios federais de Brasília, Mossoró e Porto Velho.
O prazo de permanência nos presídios federais é de 360 dias. Nos primeiros 60 dias, os integrantes da facção ficarão no Regime Disciplinar Diferenciado (RDD).
O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o uso das Forças Armadas para a transferência dos perigosos elementos (VEJA AQUI).
A transferência foi determinada pelo juiz da 5ª Vara de Execuções Criminais de São Paulo, Paulo Sorci, que atendeu a um pedido do Ministério Público estadual. Desde o ano passado, o juiz já vinha ordenando a transferência de líderes do PCC para presídios federais pela suspeita de que eles continuavam comandando o crime mesmo estando presos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.