Presidente da Câmara garante apoio a pleito que beneficia a Capitania dos Portos em Areia Branca


Capitão-tenente Pedro Guedes entrega a Duarte Júnior a solicitação de doação do terreno (Foto: Jailton Rodrigues)

Em visita ao presidente da Câmara Municipal de Areia Branca, vereador Duarte Júnior (Podemos), o Agente da Capitania dos Portos local, capitão-tenente Pedro Guedes da Silva Filho, solicitou o apoio da Casa junto ao Executivo, para a doação sem ônus à Marinha do Brasil, do terreno situado na área compreendida entre o muro da Agência e o prédio onde seria instalada a Casa de Cultural Popular.
O pleito foi bem recebido pelo presidente da Câmara, Duarte Júnior, que diante da exposição feita pelo capitão-tenente Pedro Guedes sobre a importância dessa doação, disse que vai conversar com a prefeita Iraneide Rebouças (PSD) e, ciente de que a mesma acatará a solicitação, posteriormente marcará a data para realização de uma sessão extraordinária para votar a matéria.
Duarte Júnior explica que a convocação da sessão extra é em virtude de o calendário de sessões ordinárias da Casa só iniciar na primeira semana do mês de março, depois do Carnaval. “Pela exposição feita pelo capitão-tenente Pedro Guedes, entendemos que a doação do terreno solicitado, que se encontra ocioso, será fundamental para ampliação da estrutura física da Agência da Capitania dos Portos, melhorando ainda mais a prestação de serviços à população”, disse.
Benefícios da doação 

Terreno pleiteado fica entre o muro da Agência e o prédio que seria a Casa de Cultura (Foto: Reprodução/PMAB)

Conforme documento entregue pelo Agente da Capitania dos Portos ao presidente da Câmara, o terreno em questão, com fundos para o Beco do Triunfo e frente para a Rua Joca Soares, no Cais Tertuliano Fernandes, mede cerca de 10 metros de largura e 42,60 metros de comprimento.
No documento, o capitão-tenente adianta que com a doação do terreno, será construído um prédio administrativo, patromoria para a guarda e manutenção de embarcações, bem como uma garagem coberta para as viaturas.
A construção da infraestrutura citada, possibilitará entre os muitos benefícios, a elevação da Agência ao patamar de Delegacia, com embarque de um Oficial Superior, Capitão de Corveta, para assumir o cargo de Delegado da Capitania dos Portos. E ainda, aumento do número de militares, inclusive de Oficiais, para incrementar a qualidade das atividades pelos setores responsáveis pela Segurança do Tráfego Aquaviário (STA), Ensino Profissional Marítimo (EPM) e apoio.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.