Pesquisa Fiern/Certus mostra que candidata do PT ao governo do RN não poderá ser mais alcançada pelos adversários


Fátima, Carlos Eduardo e Robinson Faria foram os destaques em todas as pesquisas (Foto: Reprodução)

A quinta rodada de pesquisa Fiern/Certus divulgado na sexta-feria, 5, no levantamento estimulado das intenções de votos para governador mostra, na véspera das eleições de 7 de outubro, a senadora Fátima Bezerra (PT) com 36,10% das intenções de voto; Carlos Eduardo (PDT), com 25,82%; e Robinson Faria (PSD), com 9,65%. A pontuação de Brenno Queiroga (SD) é de 2,70%; do Professor Carlos Alberto (PSOL), 1,99%; Dário Barbosa (PSTU), 0,35%; Heró Bezerra (PRTB), 0,28%; e Freitas Júnior (Rede), 0,07%. Afirmam que não votam em nenhum dos candidatos, 17,80%; e que não sabem, 5,25%.
Considerando apenas os votos válidos, que é como a Justiça Eleitoral divulga o resultado oficial da apuração, a senadora Fátima Bezerra tem 46,91%. Em uma variação dentro da margem de erro, ela pode ter de 43,91% a 49,91%. Neste cálculo dos votos válidos, Carlos Eduardo tem 33,55%, se for considera a margem de erro, ele pode ter de 30,55% a 36,55%. Robinson Faria está 12,53% dos votos válidos, o que significa possibilidade de ter entre 9,53% e 15,53%. Para que a eleição se defina no primeiro turno, é necessário que um dos candidatos tenha pelo menos 50% mais um dos votos válidos.
Nos votos totais, considerando a estratificação por grau de instrução, o desempenho mais expressivo de Fátima Bezerra fica entre os que não sabem ler nem escrever, nos quais ela vai a 48,48%. Carlos Eduardo vai a 29,09% entre os que têm terceiro grau completo ou incompleto. Robinson Faria também fica com o maior percentual entre os que não sabem ler nem escrever, nos quais ele chega a 12,12%.
A distribuição geográfica mostra que Fátima Bezerra fica com o melhor desempenho nas regiões Central, com 49,54%; e Alto Oeste, com 49,03%. Carlos Eduardo vai a 35,57% na Grande Natal; e Robinson Faria, a 15,24% na região Leste.
Na sondagem espontânea, na qual não é apresentado os nomes dos candidatos ao entrevistado, Fátima Bezerra tem 26,67%, ficando entre os homens com 27,05%. Carlos Eduardo está com 18,72%, sendo 21,88% entre os homens. Robinson Faria fica com 7,30%, indo a 8,51% entre os homens.
No levantamento sobre a rejeição, no qual a pergunta é em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum, Robinson Faria está com 36,42%; Fátima Bezerra, com 14,66%; Carlos Eduardo, com 8,34%. A rejeição de Robinson Faria é maior entre as mulheres, com 37,25%; a de Fátima Bezerra entre os homens, com 17,88%; e a de Carlos Eduardo também entre os eleitores femininos, com 8,67%.
Com relação à expectativa de resultado, 36,23% respondem que Fátima Bezerra será um dos candidatos que passará ao segundo turno; 30,41% disseram Carlos Eduardo; e 14,75%, Robinson Faria.
A quinta rodada da pesquisa Fiern/Certus ainda fez as simulações de segundo turno. No confronto entre as candidaturas, Fátima Bezerra fica com 46,10% e Carlos Eduardo, com 35,60%. Respondem nenhum 13,90% e não sabe 4,4%.
Em um cenário com Carlos Eduardo e Robinson Faria, o candidato do PDT fica com 54,54% e o do PSD, com 18,44%; “nenhum”, com 22,27% e; não sabe, com 4,75%. Na terceira simulação do segundo turno, Fátima Bezerra está com 55,6% e Robinson Faria, com 19,65%.
Ao responder sobre a possibilidade de mudar de voto até o dia da eleição, 79,42% afirmaram que a escolha que fizeram é definitiva e, portanto, não devem alterar; enquanto, 20,13% disseram que pode mudar.
Números dos registros da pesquisa no TSE: nº BR-01666/2018 e nº RN-05819/2018.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.