Transferido para o Hospital Albert Einstein, de São Paulo, Bolsonaro deve permanecer internado de sete a dez diasp


Bolsonaro está internado no centro médico da capital paulista (Foto: Reprodução Facebook / Flavio Bolsonaro)

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, foi internado na manhã desta sexta-feira, 7, no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo. A transferência de Bolsonaro da Santa Casa de Juiz de Fora (MG) para o centro médico da capital paulista foi decidida pela família após médicos considerarem o estado de saúde dele “extremamente estável”.
Bolsonaro foi operado na quinta-feira, 6, após ser esfaqueado durante comício no Centro da cidade mineira.
A cúpula do Einstein considerou que a transferência correu bem. Os principais riscos que serão monitorados são pneumonia (pois o candidato ficou muito tempo em choque e perdeu cerca de 2 litros de sangue) e infecção (por causa do vazamento de massa fecal na cavidade abdominal).
A previsão de internação é de sete a dez dias. A retomada das atividades só deve ocorrer em 20 dias.
Agressor

Adélio Bispo foi preso em flgrante e confessou o crime (Foto: Reprodução)

No momento em que foi esfaqueado, Bolsonaro fazia corpo a corpo com eleitores na região do Parque Halfeld. O suspeito de atacar o candidato foi identificado pela PM como Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos.
O agressor foi preso na delegacia da Polícia Federal em Juiz de Fora, onde confessou o crime. Ele transferido para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp), de Juiz de Fora por volta das 2h30. A PF investiga a participação de um segundo suspeito no ataque ao candidato. (Com informações G1 SP).

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.