andidos explodem presídio em João Pessoa e mais de 100 detentos fogem

A ação criminosa ocorreu na madrugada desta segunda-feira (10)
Em uma ação ousada, bandidos atacaram a Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes (PB1) na madrugada desta segunda-feira, 10. Cerca de 20 criminosos fortemente armados explodiram o portão principal da casa de detenção. As informações são do Portal Correio e do G1/PB.
Houve troca de tiros entre os bandidos e policiais militares e agentes prisionais. A Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS) confirmou a fuga de 105 detentos. Até as 7h50, 33 detentos haviam sido recapturados , segundo a Secretaria de Administração Penitenciária. O presídio tem capacidade para 660 presos e atualmente tinha 680 detentos.
Segundo as primeiras informações, o objetivo teria sido resgatar quatro detentos que fazem parte de uma quadrilha de roubo a bancos. Eles foram presos recentemente em Lucena, na Região Metropolitana de João Pessoa. Os bandidos chegaram atirando nas guaritas e detonaram explosivos no portão principal. Muitos outros presos acabaram aproveitando a oportunidade para escapar da unidade prisional.
Fonte: De Fato

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.