Henrique Alves divulga nota de agradecimento, dá um “até breve” e diz que “a luta continua”


Henrique Eduardo Alves foi solto na semana passada (Foto: Reuters/Ueslei Marcelino)

O ex-ministro e ex-presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves (MDB) divulgou uma nota de agradecimento neste domingo, 15. Ele é réu no âmbito da Operação Manus, que apura dévios na construção do estádio Arena das Dunas, em Natal.
Na nota, o ex-ministro agradeceu a família e a seus advogados, a Academia Militar onde passou 328 dias presos, e apoiadores anônimos e próximos. Essa foi a primeira manifestação pública de Henrique Alves após ter ganhado liberdade por ordem do juiz Francisco Guimarães da 14ª Vara Federal de Natal.
Confira a integra da nota:
Hora de agradecer…
Vivi 328 dias de privação absoluta. Lutei por meus direitos na forma da Lei. E enfrentei com as graças de Deus, de Nossa Senhora e de seu Filho, Jesus. Superei, venci. Inteiro entrei. Sofrido, inteiro saí. Agora, a liberdade!
Agradecer ao MP que aquiesceu, ao Judiciário que concedeu. A minha família que sempre acreditou e que, ao meu lado, sofreu. Muito! A minha mulher Laurita, a meus filhos Andressa, Eduardo, Pedro Henrique. Também a Anita e Antônio. Aos meus irmãos, e “meu irmão” Garibaldi. Tanta força e solidariedade. Agora, a emoção indescritível!
Agradecer a milhares de pessoas, conhecidas, desconhecidas, próximas, distantes, “o bacurau de sempre”, pelas orações e torcida. Aos policiais da Academia Militar; do Comandante aos mais humildes, o respeito devido.
Aos meus competentes e incansáveis advogados Marcelo Leal, Esequias Cortez, Erick Pereira e Alexandre Pereira.
Esperei passar esses dias. Emoção intensa.
Agora, agradecer. É o início do caminhar para a vitória final, da Justiça plena.
A todos, um até breve. Logo estaremos juntos, nos sonhos e na esperança! A luta continua!
Henrique Eduardo Alves

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.