Sinte marca parada de advertência e espera pagamento de reajuste até o dia 4

Os professores esperam o governo pagar o reajuste após acordo firmado
A regional de Mossoró do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte/RN) agenda para esta quarta-feira, 30, uma parada de advertência. A informação foi publicada na página da entidade no Facebook no último domingo, 27.
Segundo o órgão, a Secretaria de Educação e Cultura (SEEC) informou que não pagará o reajuste do piso salarial e o retroativo de abril na folha de pagamento de maio e que só deverá ser feito em folha suplementar em junho, ainda sem ter uma data definida. O Sinte afirma ainda que se até o dia 4 de junho o governo não realizar o pagamento a greve poderá ser retomada pelos professores da rede estadual de ensino.
Em contato com a reportagem, Rômulo Arnaud disse que a informação partiu da secretaria em grupos de whatsapp de professores. “Ontem (domingo) alguns professores em um grupo de whatsapp perguntaram a secretaria quando o pagamento sairia e ela informou que não seria pago porque a folha de pagamento é fechada no dia 15 e porque ainda não tinha sido aprovada”.
Vale salientar que a lei que reajuste o piso dos professores da rede estadual foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na última sexta-feira, 25. A medida foi sancionada na tarde desta quinta-feira, 24, pelo governador Robinson Faria. Assembleia Legislativa aprovou o projeto na última quarta-feira.
Em Mossoró a assembleia será realizada na sede do sindicato a partir das 8h30. Já em Natal, o encontro está marcado para a tarde.
Fonte: De Fato.Com

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.