Paralisação dos caminhoneiros chega ao 10º com bloqueios parciais em BR’s e RN’s

Comboio foi enviado para João Câmara para desobstruir a BR-406
A greve dos caminhoneiros entrou no 10º dia de mobilização em rodovias federais e estaduais do Rio Grande do Norte. Quatro BR’S e três RN’s têm pontos de bloqueio.
Os bloqueios parciais se concentram na BR 101, altura de Parnamirim, BR 226 nas cidades de Santa Cruz (km 109), Janduís (km 310), mas já liberada) e Florânia. Na BR 304, em Mossoró, a manifestação se encontra no km 34, na entrada do Conjunto Redenção. Na BR 405 são dois pontos com bloqueios: km 72 e 78 em Apodi. Os pontos foram liberados por volta das 10h.
Três rodovias estaduais também têm pontos de mobilização dos caminhoneiros: RN-O15, em Baraúna, RN-093, em Passa e Fica, e RN-021, em Rio do Fogo.
Um comboio com 16 caminhões de combustíveis do Ceará chegou ao Rio Grande do Norte no final da manhã da última terça-feira (29) escoltado por forças de segurança nacionais. Polícia Rodoviária Federal (PRF), Exército e Força Nacional acompanham as carretas até a refinaria Clara Camarão, em Guamaré, distante 140 quilômetros de Natal, para serem abastecidos e voltarem ao estado vizinho.
Segundo a PRF, outros comboios também são escoltados para garantir abastecimento de aeroportos, e serviços essenciais, como é o caso de ambulâncias e polícias. As medidas foram tomadas por causa da greve de caminhoneiros que entrou no seu 9º dia nesta terça-feira (29).
Com vários pontos de bloqueios parciais em rodovias federais e estaduais, os manifestantes impedem a passagens de caminhões que abastecem os municípios potiguares. Há relatos de falta de combustíveis em pelo menos 20 municípios potiguares, nesta terça-feira (29).
A greve dos caminhoneiros alterou os planos da Azul Linhas Aéreas em Mossoró. O voo inaugural da linha Mossoró-Recife-Mossoró, para convidados, foi cancelado pela companhia. Seria realizado nesta quarta-feira (30).
No entanto, a abertura da base continua válida e acontecerá a partir do dia 13 de junho, com a operação de voos regulares.
Portanto, se não houver novos desdobramentos da paralisação nas rodovias federais do País, a Azul iniciará a linha comercial a partir de Mossoró na data prevista: 13 de junho.
As aulas em pelo menos oito municípios potiguares estão suspensas.
Fonte: De Fato.Com

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.