Vereadores aprovam piso salarial do magistério e dos servidores públicos do município



Executivo cumpre vigorosamente os compromissos salariais com os servidores (Foto: Luciano Oliveira)

Na primeira sessão ordinária do ano, na noite de quinta-feira, 1º, na Câmara Municipal de Areia Branca, os vereadores aprovaram dois projetos do Executivo que dispõem sobre a atualização do piso do magistério municipal e do salário mínimo do servidor do município, respectivamente.
Os projetos tramitaram em regime de urgência e depois de passar pelas respectivas comissões foram a plenário para serem submetidos a votação. Dos 11 vereadores da Casa, 10 estavam presentes, ausência apenas do vereador Aldo Dantas (PSDB) justificada junto à Mesa Diretora. Os trabalhos foram conduzidos pelo presidente da edilidade, Ruidenberg Ferreira Souto Filho, “Kinho de Beguinho” (PSD).
À unanimidade, em primeira e única votação, foi aprovado o Projeto de Lei do Executivo que atualiza o piso do magistério municipal e autoriza o pagamento do piso nacional dos professores de Areia Branca, retroativo a 1º de janeiro de 2018.
Conforme o projeto, o piso salarial nacional do magistério municipal foi reajustado em 6,81% passando o valor atualizado para R$ 2.455,35 para o exercício de 40 horas/aula semanais.
Assim, os valores a serem pagos no exercício de 2018, são estes: carga horária semanal 20 horas, R$ 1.227,67; 30 horas, R$ 1.841,51; 40 horas, R$ 2.455,35.
Salário mínimo
O outro o Projeto de Lei aprovado pelos vereadores, atualiza o salário mínimo do servidor municipal e autoriza o pagamento adequado ao salário mínimo nacional com efeitos retroativos a 1º de janeiro deste ano.
De acordo com a matéria, o valor atualizado do piso salarial pago ao servidor municipal, ficou assim: carga horária semanal 2º horas, R$ 477,00; 30 horas, R$ 715,50; 40 horas, R$ 954,00.
O projeto foi aprovado com emendas (1 Modificativa e 1 Supressiva).
Fonte: Costa Branca News

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.