Trabalhadores dos Correios entram em greve a partir desta segunda-feira

Trabalhadores dos Correios param as atividades nesta segunda por tempo indeterminado
Os trabalhadores dos Correios no Rio Grande do Norte aprovaram na noite desta sexta-feira, 9, a greve por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira, 12. Segundo a assessoria de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios, Telégrafos e Similares do RN (Sintect/RN), a decisão pela paralisação foi unânime. Houve assembleias em Natal, Mossoró e Caicó.
O Sintect/RN informa que o principal motivo para a greve é intenção da administração da estatal em modificar o Plano de Saúde dos ecetistas.
“O presidente da ECT tenta enganar a população e a classe trabalhadora dizendo que o nosso Plano de Saúde é o responsável pelo déficit na Empresa. Não é verdade. A própria Controladoria Geral da União lançou estudo recente confirmando que o real problema é a má gestão”, afirma o presidente do Sintect-RN, José Edilson.
Os ecetistas listam ainda outros ataques, como o fechamento de agências, a terceirização, a extinção do cargo de Operador de Triagem Transbordo e a suspensão de férias.
Com a aprovação da greve, os trabalhadores potiguares se juntam ao movimento nacional da categoria, que também decidiu, em assembleias por todo o país, parar as atividades.
Um ato público foi marcado para o primeiro dia de paralisação, às 9h, no Complexo dos Correios da Hermes da Fonseca, na capital potiguar.
Fonte: De Fato

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.