Palmeiras derrota Corinthians e larga na frente da final do Campeonato Paulista

Borja marcou o único gol da primeira partida da final em Itaquera
Da FPF
Foi uma final com todos os ingredientes de um clássico do tamanho de Corinthians e Palmeiras: rivalidade, equilíbrio e muita disputa. Os alviverdes, no entanto, levaram a melhor no primeiro jogo da decisão do Paulistão Itaipava 2018. Na tarde deste sábado (31), na Arena Corintians, em Itaquera, o Verdão derrotou seu rival por 1 a 0 e ganhou vantagem para o jogo da volta. O colombiano Borja marcou o único gol do duelo.
Com o resultado, o Palmeiras joga pelo empate na volta, marcado para o próximo dia 08 (domingo), às 16h, no Allianz Parque, em São Paulo. Para ficar com a taça, o Corinthians precisa vencer por dois gols de diferença. Uma vitória alvinegra por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis.
Outra marca do duelo foi a festa nas arquibancadas. 43.905 torcedores estiveram em Itaquera neste sábado, o que configura como o melhor público do Paulistão Itaipava deste ano.
Desde o primeiro minuto, os jogadores mostraram que o clima do jogo era de final. Dudu e Clayson se estranharam na lateral do campo e esquentaram ainda o clássico. A atmosfera parecia mais favorável ao Corinthians, com apoio de mais de 40 mil torcedores, mas o Palmeiras foi quem abriu o placar. Logo aos seis minutos, depois de cruzamento fechado que tocou no travessão de Cássio, Willian ficou com a bola dentro da área e apenas rolou para Borja conferir.
O Corinthians tentou reagir de imediato e foi para cima do Palmeiras. Aos nove minutos, Matheus Vital recebeu na entrada da área, cortou o marcador e finalizou. Jaílson caiu bem e fez a defesa. Os donos da casa seguiam dominantes, trocando passes em busca de um espaço no campo de ataque. Usando a movimentação e distribuição de Rodriguinho, os alvinegros chegaram.
Clayson e Maycon apareceram de surpresa para completar cruzamentos, mas o primeiro finalizou fraco e parou em Jaílson, enquanto o segundo errou o alvo. O jogo seguiu bem definido, com o Corinthians tentando tomar iniciativa da partida, enquanto o Palmeiras se defendia bem, esperando uma saída em contra-ataque. Ainda antes intervalo, Emerson Sheik tentou de fora da área e assustou o goleiro palmeirense.
Pouco antes dos times descerem para os vestiários, uma pequena confusão tomou conta do gramado. Felipe Melo e Clayson se estranharam e acabaram expulsos.
O segundo tempo voltou com novas alternativas para os dois times. Roger Machado colocou Moisés para recompor o meio-campo e sacou Borja. Carille colocou Romero e Pedrinho nas vagas de Sidcley e Mateus Vital, respectivamente. O Palmeiras seguiu bem fechado no campo de defesa, sem dar espaços para o adversário.
A briga pelo espaço dominou o duelo. O Corinthians apostou nas jogadas pelo lado direito com o jovem Pedrinho. Numa das arrancadas, Rodriguinho ficou com a sobra, de frente para o gol, mas finalizou fraco, parando em Jaílson. Na base da vontade, os dois times seguiram firmes nos minutos finais, mas o resultado não mudou.
Ficha técnica
Corinthians 0x1 Palmeiras
Horário: 16h30
Local: Arena Corintians, em São Paulo
Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley (Romero); Gabriel, Maycon, Mateus Vital (Pedrinho) e Rodriguinho; Emerson Sheik (Danilo) e Clayson.
Técnico: Fábio Carrille.
Palmeiras: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luís (Diogo Barbosa); Felipe Melo, Bruno Henrique (Thiago Santos) e Lucas Lima; Willian, Borja (Moisés) e Dudu
Técnico: Roger Machado
Gol: Borja, aos seis minutos do primeiro tempo.
Cartões Amarelos: Henrique, Gabriel, Maycon e Romero (COR); Borja, Lucas Lima, Dudu, Willian, Bruno Henrique e Thiago Santos (PAL)
Cartões vermelhos: Clayson (COR); Felipe Melo (PAL)
Público total: 43.905
Renda: R$ 3.182.923,60

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.