Câmara de Areia Branca aprova projeto do videomonitoramento prestes a ser implantado na cidade



Iraneide com representantes da empresa Núcleo e CDL tratando do monitoramento (Foto: Evandson Bernardo)

Com o aval da Câmara Municipal de Areia Branca, a prefeita Iraneide Rebouças (PSD) deu mais um passo para a implantação do sistema de videomonitoramento na cidade. Na sessão ordinária de segunda-feira, 5, na Câmara, a maioria dos vereadores presentes aprovou em primeira e única votação o projeto do Executivo dispondo sobre a destinação de um montante superior a R$ 100 mil para instalação de câmeras de segurança em pontos estratégicos da zona urbana.
Os recursos serão oriundos da parceria do governo municipal com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Areia Branca. Dos nove vereadores presentes à sessão, sete foram favoráveis ao projeto do videomonitoramento da cidade: Aldo Dantas (PSDB), que presidiu a sessão; Samuel Lemos (PSD); Waguinho Tavernard (PSD); Duarte Júnior (Podemos); Renan de Lima Souza (PC do B); Alderí Batista de Souza (MDB); e Manoel Joaquim dos Santos, “Manezinho do Mel” (MDB). A matéria teve voto contrário do vereador Francisco José de Souza Neto, “Netinho Cunha” (PP).  A vereadora Rebeca Melo (Podemos) se absteve.
A matéria aprovada na Câmara foi proposta por uma representação da CDL local, durante reunião com a prefeita Iraneide em dezembro do ano passado para tratar do videomonitoramento. Os empresários propuseram, por meio da entidade, custear metade do valor do projeto. À época o Estado havia informado a prefeita que os trâmites burocráticos estavam em fase de licitação.
Para fugir da burocracia do serviço público os empresários lançaram a proposta de uma parceria entre o Poder Público e o setor privado para buscar uma alternativa de agilizar a instalação dessas câmeras.
Em janeiro deste ano, o Governo do Estado concluiu o processo licitatório e anunciou a empresa Núcleo como vencedora da licitação para executar o videomonitoramento de Areia Branca, um investimento da ordem de R$ 100 mil para instalação de nove câmeras em pontos estratégicos para fazer o monitoramento da cidade.
Com essas 9 câmeras do projeto já licitado garantidas, a CDL apresentou proposta à prefeitura para aumentar o número de equipamentos com os recursos decorrentes da parceira Prefeitura e CDL, possibilitando que o monitoramento chegue aos principais bairros da cidade.
Diante do interesse da prefeita Iraneide em tornar realidade o sistema de vigilância eletrônica da cidade, a CDL se mostrou disposta a encampar nova luta para estender o sistema de videomonitoramento até a zona rural.
Combate à criminalidade 

Prefeita com representantes da CDL, parceiros na ampliação do projeto (Foto: Assecom-PMAB)

Para a prefeita Iraneide, o importante é que a segurança dos areia-branquenses vai receber um significativo avanço nos próximos dias. Ela destaca a parceria do município com o Governo do Estado, a CDL e o apoio da polícia para a instalação da central de videomonitoramento na cidade.
Com a implantação do sistema, Areia Branca passará a contar com uma ferramenta tecnológica avançada, que refletirá em mais segurança à comunidade, pois as câmeras que serão instaladas ampliarão o olhar de vigilância da polícia, proporcionando melhorias na sensação de segurança. Além disso, reduzirão a incidência de furtos, roubos e vandalismos, auxiliarão na elucidação de delitos, zelo urbanístico, além do caráter preventivo, entre outros benefícios para o cidadão.
Fonte: Costa Branca News

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.