Faleceu o ex-prefeito, prático dos portos de Areia Branca e Natal, escritor, e jornalista Jairo Josino de Medeiros, 82 anos



Jairo Josino (sentado) com os amigos Francisco Ventura, Sebastião Leite (prático de navegação) e o jornalista Luciano Oliveira (Foto: Reprodução)

O ex-prefeito, prático dos portos de Areia Branca e Natal, escritor, e jornalista Jairo Josino de Medeiros, 82 anos, faleceu em Natal às 1h30 deste sábado, 4. Ele estava internado no Hospital Unimed, há cerca de um mês, onde se recuperava de uma cirurgia.
O velório acontece  a partir das 9h, no Centro Funerário Morada da Paz, na rua São José, 1248 – Lagoa Seca, Natal. O sepultamento está previsto para 17h, no Cemitério Morada da Paz, em Emaús, Natal.
Jairo Josino nasceu em Fortaleza, no dia 21 de junho de 1936, filho de Miguel Josino da Costa e de Ana Madeiros Josino da Costa. Os genitores já falecidos. No início da segunda guerra mundial (1942), mudou-se com seus pais e irmãos para o Rio Grande do Norte, berço de seus pais. Com uma ligeira passagem por Grossos, passou a residir em Areia Branca a partir de 1943, onde teve toda sua formação intelectual e política prestando inestimáveis serviços à cidade.


Jairo com os amigos Cleodon Bezerra, prático de navegação; Aldo Dantas, vereador; e Cid Bezerra, Contador e especialista em assuntos previdenciários (Foto: Jailton Rodrigues)

Fez o curso primário no Grupo Escolar Conselheiro Brito Guerra, tendo como professoras Dona Edite Belém, Dona Alice de “Seu” Lalá, Dona Chiquita do Carmo e outras. Já o ginasial fez na Escola do Comércio que funcionava no mesmo prédio (o velho grupo) tempo como professores Dr. Gentil Fernandes, Dr. Dimas Pimentel Ramos, Dr. Vicente Gurgel Dutra, Dr. Manoel Liberalino, Dr. Celso Dantas Filho, Dr. Augusto Delgado, e outros. Já o que chamamos hoje de 2º grau, concluiu em Mossoró no Colégio União Caixeiral com os colegas de turma Ivaldo Caetano, Chico Paulino, etc, onde se formaram em Contabilidade.
1952 – Aos 16 anos foi admitido na Empresa Pax Ltda, na função de operador de projetor (cinema);
1954 – Admitido como contínuo na corporação de Práticos do Portos do Estado do Rio Grande do Norte (seção) Areia Branca.
1955 – Prestou serviço público na Base Naval de Natal, para Praticante de Prático dos Portos de Natal, Macau e Areia Branca sendo aprovado em 1º lugar.
1957 – Já Prático, assumiu o cargo de Prático Encarregado da Barra e Porto de Areia Branca;
1962 – Eleito vereador para a âmara Municipal de Areia Branca pela legenda do PTB;
1966 – Com a extinção de todos os partidos políticos, pela Revolução, foi reeleito vereador pela Aliança Renovadora Nacional (Arena);
1970 – Início de 1970, no bojo do movimento revolucionário que se deu aqui com o afastamento do prefeito Alfredo Rodrigues Rebouças, e do vice-prefeito Sebastião Amorim de Souza, foi eleito presidente da Câmara Municipal, e, em seguida, numa eleição biônica, eleito pela mesma câmara, Prefeito Municipal;
1971 – Terminada sus gestão política, em Areia Branca, foi transferido para Natal pela Marinha do Brasil, tendo assumido a presidência da Associação dos Práticos do Estado do Rio Grande do Norte;
1975 – Diplomado em Gerência Empresarial pela Faculdade de Administração e Gerência de Negócios (hoje Centro Universitário Facex);
1979 – Conferido pela Câmara Municipal de Areia Branca o Título Honorífico de Cidadão Areia-branquense, pelos relevantes serviços prestados à cidade;
1980 – Funda o PDT, conjuntamente com o padre Zé Luiz, em 12 municípios do Rio Grande do Norte, conforme o Diário de Natal, 5/7/1980 (seção Cassiano Arruda);
1980 – Com a esposa Margarida Leonêz, foi recebido pelo médium Chico Xavier, em Uberaba-MG;
1981 – Já filiado ao PMDB, viaja a Brasília junto com o senador Agenor Maria entregando o MDB nas mãos do Dr. Aluísio Alves para incorporação com o PP (Partido Popular), na célebre reunião no Hotel Nacional;
1982 – Candidato a deputado estadual pelo PMDB, viaja por todo o Rio Grande do Norte com o senador Agenor Maria, de quem fez uma dobradinha, ficando na quinta suplência;
1984 – Pelos serviços prestados à Marinha do Brasil, foi condecorado “AMIGO DA MARINHA” no Iate Club de Natal pelo Almirante Armando Amorim Ferreira Vidigal;
1986 – Candidato a deputado estadual pelo PDT, tendo renunciado 60 dias antes das eleições;
1991 – Por força de uma decisão judicial foi incorporado à Praticagem de Areia Branca na condição de Prático do Porto;


Em 16 de junho de 2016 Jairo concedeu a última entrevista ao site. Foi no salão nobre da Prefeitura de Areia Branca, acompanhado do amigo sindicalista, Francisco Ventura (Foto: Erivan Silva)

1994 – Eleito secretário da Associação dos Práticos dos Portos do Rio Grande do Norte;
1995 – Envereda no jornalismo. Convidado, colabora com o jornal O SAL DA TERRA, com artigos sobre a cidade, Areia Branca;
1996 – Integra a equipe do Jornal O AREIA BRANCA, na condição de jornalista colaborador;
1997 – Convidado pelo Jornal Primeira Mão, do jornalista Luciano Oliveira, passou a colaborar com este, escrevendo sobre figuras ilustres de Areia Branca com a secção SILHUETAS DO TEMPO;
1998 – Cassado pelo Departamento de Portos e Costas do Ministério da Marinha a condição de Prático do Porto de Areia Branca conforme Diário Oficial da União de 20/9/1998;
2009 – Deixa o PMDB, e se filia ao PSDB, em Natal conjuntamente com a advogada Alessandra das Graças Morais, onde se candidata a vereador de Natal.
2010 – É publicado o livro SILHUETAS DO TEMPO, pela Contato Gráfica, de Natal, com a impressão de 500 exemplares;
2011 – Jairo Josino lança em Areia Branca, no dia 14 de janeiro, no plenário da Câmara Municipal, o livro SILHUETAS DO TEMPO.
Fonte: Costa Branca News

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.