Deputados Salvam Temer de investigação com cinco votos da bancada do RN

A Câmara dos Deputados rejeitou na noite desta quarta-feira, 2, a denúncia contra o presidente Michel Temer.
Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (2) o relatório da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), de autoria do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que recomendava a rejeição da denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) por crime de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. Confira os votos  da bancada federal potiguar
Antônio Jácome (PMN) – Não;
Beto Rosado (PP) – Sim;
Fábio Faria (PSD) – Sim;
Felipe Maia (DEM) – Sim;
Rafael Mota (PSB) – Não;
Rogério Marinho (PSDB) – Sim;
Walter Alves (PMDB) – Sim;
Zenaide Maia (PR) – Não.
 Voto “Não” era manifestação contra o relatório, ou seja, para que Temer fosse julgado pelo STF; o voto “Sim” era acatando o relatório, que impediu que ele fosse a julgamento.
BANCADA DO RN – A bancada federal do Rio Grande do Norte se dividiu na votação. A sobrevida de Temer recebeu o apoio de cinco, dos oito deputados federais potiguares. Os deputados Beto Rosado, Walter Alves, Fábio Faria, Felipe Maia e Rogério Marinho, votaram pelo arquivamento da denúncia.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.