Exportações aumentam quase 22% no RN e registram US$ 117,8 milhões

As importações potiguares também cresceram no período: 33,5%, chegando a US$ 80,7 milhões. (Foto: Tribuna do Norte)
As exportações de produtos industrializados no Rio Grande do Norte aumentaram 21,2% até maio de 2017, em relação ao mesmo período do ano anterior aponta o Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene). As informações são da assessoria de comunicação do Banco do Nordeste.
 
Segundo o órgão, nos cinco primeiros meses do ano, as vendas da produção industrial potiguar para o exterior registram US$ 117,8 milhões a outros países. Os principais produtos exportados são melões frescos, sal marinho e castanha de caju.
 
As importações potiguares também cresceram no período: 33,5%, chegando a US$ 80,7 milhões. O saldo positivo é de US$ 37,1 milhões. Trigo, painéis solares e algodão foram os produtos mais comprados no exterior.
 
As vendas da produção industrial de toda a região Nordeste chegam a US$ 5,24 bilhões. O aumento no ano é de 35,8% em relação ao mesmo período de 2016.
 
Somados os produtos não-industrializados, as empresas da Região exportaram US$ 6,64 bilhões, valor 30,4% maior do que em 2016. 
 
Entre os industrializados, as exportações dos manufaturados somaram US$ 3,17 bilhões, o que aponta crescimento de 47,7%, em relação ao período de janeiro a maio do ano passado. As vendas de semimanufaturados para o exterior totalizam US$ 2,07 bilhões, aumento de 20,9%. As exportações de produtos básicos registram US$ 1,33 bilhão, 12,8% maiores do que no mesmo período de 2016.
 
Até maio, a Região importou US$ 7,91 bilhões. O valor é 21,3% maior do que nos cinco primeiros meses de 2016. China, Estados Unidos e Argentina são os principais parceiros comerciais do Nordeste.
 
O recorte regional é do Etene, órgão de pesquisas do Banco do Nordeste, com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O trabalho está publicado no documento Diário Econômico, disponível no site www.bnb.gov.br/diario-economico-2017.
Fonte: De Fato

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.