Ex-ministro Henrique Alves deverá ser transferido para Brasília

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira pediu a transferência do ex-ministro Henrique Eduardo Alves do RN para Brasília. Alves está preso desde a última terça (6) na Academia de Polícia Militar, em Natal. (Leia AQUI).
Ele foi alvo de dois mandados de prisão: um da Operação Manus - que investiga corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas; e outro da Operação Sépsis - que investiga esquema de pagamento de propina para liberação de recursos do Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS), administrado pela Caixa Econômica Federal.
O processo da operação Sépsi tramita na 10ª vara federal, em Brasília, e foi de lá que partiu o pedido de transferência. De acordo com a assessoria da Justiça Federal no RN, o juiz da 14º vara federal do RN Francisco Eduardo Guimarães concordou com a transferência.
O advogado de Henrique Alves, Marcelo Leal, informou que já entrou com um pedido de reconsideração na Justiça para tentar impedir a transferência.
A defesa também deu entrada, nesta sexta, em outros dois pedidos de habeas corpus: um em Brasília e outro no Tribunal Regional Federal, em Recife. Segundo Marcelo Leal, a transferência não é necessária e tem como único objetivo a "execração pública" do cliente dele.
Fonte: G1 - RN

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.