Padre proibe que politicos usem a palavra na abertura e encerramento dos festejos de Santa Luzia


Padre não mistura politica com religião
O padre Flávio Augusto, que por pouco não disputou a Prefeitura de Assú nas eleições deste ano, mostra que a sua decisão de se manter distante da política é para valer. O religioso, vigário-geral da Paróquia de Santa Luzia, decidiu que nenhum político terá direito a voz nas solenidades de abertura e encerramento da festa da padroeira. Para a Igreja, político bom é político mudo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.