Isaquias é escolhido como porta-bandeira: "Não vou abrir mão da festa"

- Me sinto realizado. Meu objetivo era ter as três provas. Dedico para todo mundo que me ajudou. Estou orgulhoso e feliz por quebrar esse recorde como atleta brasileiro., declarou Isaquias emocionado
Três medalhas no peito e uma bandeira na mão. Maior atleta brasileiro em uma edição de Jogos Olímpicos, Isaquias Queiroz vai deixar a Rio 2016 com uma emoção a mais, além das duas pratas e um bronze que carrega no peito. Destaque absoluto do Time Brasil, o baiano foi escolhido para ser o porta-bandeira na cerimônia de encerramento, que acontece domingo, no Maracanã.   
De sorriso aberto na longa passagem pela zona mista após a prata no C2 1.000m, ao lado de Erlon de Souza, Isaquias, ainda sem saber da decisão do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), revelou até mesmo que cumpriu a exigência de seu técnico, Jesús Morlan, para tal:   
 Jesús me falou que se eu quisesse fazer isso tinha que ganhar as três medalhas. Ganhei. Espero poder realizar esse feito, representar o torcedor brasileiro, esse Brasil grande que teve um grande carinho pela gente. Espero poder representar, mas nunca vou abrir mão da festa de encerramento. Já não fui na abertura, tenho que ir para de encerramento. É uma coisa única, quero desfrutar ao máximo do que não desfrutei.  
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.