Ainda atrás do ouro, Brasil está perto de virar o maior medalhista do futebol

Neymar desencanta e leva o Brasil para as Semi Finais contra Honduras na próxima quarta-feira no Maracanã
O Brasil ainda busca o inédito ouro no futebol, é verdade, mas está perto de virar o maior medalhista no velho esporte bretão em Olimpíadas. Para isso, basta que a seleção masculina ou a feminina leve pelo menos o bronze nos Jogos do Rio. Como as duas equipes já estão nas semifinais, só em caso de quatro derrotas em quatro jogos os times de Vadão e Micale terminariam de mãos vazias. O futebol brasileiro subiu ao pódio olímpico sete vezes, assim como os Estados Unidos, mas como a seleção feminina americana já foi para casa, o Brasil está perto de se tornar soberano em número total de medalhas. 
Maiores medalhistas dos Jogos Olímpicos (Foto: GloboEsporte.com)Brasil e EUA são os maiores medalhistas, logo à frente de Hungria, União Soviético e Iugoslávia (Foto: GloboEsporte.com)
Das sete medalhas conquistadas pelo futebol brasileiro, cinco foram conquistadas pelos homens: três pratas (1984, 1988 e 2012) e dois bronzes (1996 e 2004). As mulheres, que começaram a disputar os Jogos apenas em 1996, têm duas pratas (2004 e 2008). No caso dos americanos, a situação é diferente, e a equipe feminina é responsável por cinco medalhas: quatro ouros (1996, 2004, 2008 e 2012) e uma prata (2000). Os homens ficaram com a prata e com o bronze na mesma edição, nos Jogos de St. Louis, em 2004.
Para não ampliar ainda mais essa vantagem no segundo andar mais alto do pódio, o Brasil busca o inédito ouro em duas frentes no futebol. Na próxima terça-feira, Marta e companhia encaram a Suécia na semifinal feminina e, caso passem, vão disputar o ouro com Alemanha ou Canadá. Já a próxima parada da seleção liderada por Neymar será Honduras na quarta. Se vencer, fará a final com o vencedor de Alemanha e Nigéria.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.