Libertadores da Colômbia: Borja decide, Nacional bate Del Valle e leva a taça

Colombianos confirmam favoritismo, faturam competição continental pela segunda vez na história e garantem vaga para o Mundial de Clubes, no Japão
Nem sempre há justiça no futebol, mas o Atlético Nacional provou que ela existe em certos momentos. Num roteiro escrito a partir de uma fase de grupos quase perfeita, os colombianos entraram para a história no Atanasio Girardot, em Medellín, lotado. Com gol do iluminado Miguel Borja, algoz do São Paulo na semifinal, a equipe do treinador Ricardo Rueda espantou o qualificado Independiente del Valle e carimbou o passaporte para o Mundial de Clubes. A América dorme verde e branca, cores do envolvente futebol do Atlético Nacional. Agora acabando de vez com a sombra que o time era o do traficante colombiana Pablo Escolbar, fazendo uma menção ao título de 89 da Libertadores quando o homem forte da tráfico supostamente comprava resultados.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.