Ataques no Rio Grande do Norte já atingiram 14 veículos na Grande Natal e no Seridó

ônibus atacados, da empresa Guanabara, foi incendiado na Cidade da Esperança (Foto: PM/Divulgação)
O Rio Grande do Norte está em alerta depois de uma sequências de ataques a ônibus em Natal, cidades da região Metropolitana e no Seridó. Os ataques foram registrados em Parnamirim, Macaíba, Florânia, Monte Alegre, São José do Mipibu, Currais Novos e Caicó.
Os veículos foram quebrados ou parcialmente incendiados pelos criminosos. Segundo informação das forças de segurança do Estado, os criminosos agem em várias partes, dificultando o combate, por isso, a orientação é que as pessoas evitem sair de casa na noite desta sexta-feira (29) e até que a situação seja contornada.
Os ataques são uma reação de grupos criminosos à decisão da Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUC) de instalar bloqueadores de celular nos presídios estaduais. Ligações telefônicas trocadas entre criminosos afirmaram que os ataques ocorreriam e que as quadrilhas estariam prontas para enfrentar a ‘guerra’ nas ruas.
O primeiro ataque ocorreu em Natal, por volta das 15h30, no bairro Bom Pastor, zona oeste. Um ônibus da empresa Guanabara, linha 22, foi atacado por dois homens. Eles mandaram todos desceram depois de render o motoristas. Em seguida atearam fogo.
De acordo com a reportagem do portal de notícias G1, na sequência, por volta das 16h, outro ônibus da empresa Guanabara, que faz a linha Cidade da Esperança/Ribeira, foi alvo de criminosos. Segundo os passageiros, um grupo de pelo menos dez homens abordaram o motorista que estava saindo com o veículo. Eles quebraram vidros e atearam fogo com gasolina no banco do cobrador e dos passageiros. O teto foi parcialmente destruído. Depois, trancaram o motorista e outros funcionários numa sala do terminal.
Já no bairro das Quintas, logo em seguida, um ônibus da linha 61-62 foi parado na Av. Mário Negócio, onde cinco homens armados jogaram uma garrafa com gasolina dentro do veículo e mandaram o motorista e passageiros saírem. Houve um princípio de incêndio, que acabou sendo contido pelos populares que usaram o extintor do ônibus. Parte da cadeira do motorista ficou queimada. Ninguém saiu ferido.
Já na Zona Leste, um ônibus foi incendiado no cruzamento da Av. Nacimento de Castro com a Rua dos Tororós. Por último, na Zona Norte, o ônibus atacado estava no terminal do conjunto Soledade I.
GOVERNO NÃO SE INTIMIDARÁ
O Governador Robinson Faria se reuniu nesta sexta (29) com o secretário da Segurança do Estado, Ronaldo Lundgren, e o secretário da Justiça e da Cidadania, Wallber Virgolino, para discutir as ações tomadas pelo Estado após as ocorrências envolvendo transportes coletivos em Natal e Região Metropolitana.
No Gabinete de Gestão Integrada do Estado (GGI), localizado no Centro Administrativo, o Chefe do Executivo afirmou que a reação dos criminosos veio depois que o Governo tomou providências para aumentar o controle sobre os apenados do sistema prisional do Estado.
“Bandidos estão reagindo porque o Governo instalou bloqueador de celular em um presídio. Mas não vamos recuar. Já declarei aqui: confio na polícia. A força policial tem toda a liberdade de atuar para garantir a segurança da população”.
Também estiveram presentes do GGI, o Ministério Público, Judiciário, Polícia Federal e representantes de toda a cúpula da segurança do RN.
Fonte: De Fato On line