No lucro: Brasil joga mal, leva 2 a 0, mas empata no fim com gol de Dani Alves


Autor de um dos gols do empate Ricardo Oliveira foi um dos poucos do Brasil que conseguiu se destacar na partida. 
Não é exagero afirmar que a Seleção terá cinco meses de pressão pela frente. A conta é simples: pelo menos até setembro, o Brasil se verá fora da zona de classificação para a Copa do Mundo de 2018 - inclusive da repescagem - toda vez que olhar para a tabela das eliminatórias. Sem falar que neste período ainda terá pela frente duas importantes competições, como a Copa América e os Jogos Olímpicos. O empate por 2 a 2 diante do Paraguai na noite desta terça-feira, no Defensores del Chaco, evitou uma crise ainda maior. Sem Neymar, suspenso, o time de Dunga voltou a jogar mal, sofreu com as bolas paradas e perdia até os 46 minutos do segundo tempo, quando Daniel Alves deixou tudo igual no marcador. Ao Paraguai coube o castigo de recuar e deixar a seleção brasileira pressionar depois do gol de Ricardo Oliveira. Lezcano e Edgar Benítez, um em cada tempo, fizeram os gols dos donos da casa. Enquanto falta alma ao Brasil, sobra pressão sobre o trabalho do técnico Dunga.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.